África do Sul – Uma visita em Zululand

Um país com mais de onze línguas reconhecidas pela constituição, um país de extremos e de contradição, uma beleza fascinante de fauna e flora. Culturas e idiomas se mesclam em um legado de arte e história. Um país multiétnico, são europeus, indianos, são tribos espalhadas nos lugares mais curiosos.

IMG_9922

IMG_9882

IMG_9925

Um país com uma natureza explêndida e com uma corrupção extrema. A desigualdade social impera com raízes profundas naquele país do antigo regime segregacionista, o “apartheid”.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Por um lado, observa-se um povo alegre, sorridente, por outro, nota-se uma indiferença, um conformismo por parte de vários jovens, que relatam estar descontentes com a política e econômia do país, com o sistema de educação, onde até mesmo as escolas “públicas” são pagas. Porém, estes mesmos jovens que relatam tal insatisfação, se sentem impotentes, sem poder para profetizar ações de mudanças em seu país.

IMG_0289

O discurso e a admiração por Nelson Mandela continua presente naquela nação, mas ainda, muitas mudanças pólíticas precisam ser feitas para realmente o país ter uma estrutura íntegra de direitos iguais democráticos. Como dizia Nelson Mandela, “que uma nova era comece” na África do Sul, e também no Brasil.

IMG_9525

A minha visita na África do Sul durou apenas 10 dias, mas pude fazer passeios gratificantes, como na tribo dos zulus. Recomendo um passeio na tribo de Zululand, é uma província na costa lesta da África do Sul. É limitada ao norte pela Suazilândia, Moçambique e Mpumalanga. O povo de Zululand é chamado de “zulu”. O idioma predominante, também é o zulu! 🙂

IMG_9886

Alguns dos zulus, falam também afrikâner, que é língua falada por grande parte da população da África do Sul depois do inglês. Para adentrar nesta cultura é preciso falar o idioma da província, nesta minha aventura na tribo de Zululand, encontrei um casal de missionários alemães que moram na província. Eles contaram que moram na região há mais de 20 anos, e aprenderam o idioma através de livros e de muita comunicação com a população local, que aliás, é super receptiva.

Desconfiança….

 

Em cada rosto, em cada esquina, algo curioso. Algumas mulheres possuem uma tinta alaranjada no rosto, essa tinta, na realidade, é usada como “protetor solar”, algumas zulus não querem se bronzear, e usam essa tinta alaranjada para se protegerem dos raios solares. Esta cor é retirada de determinadas pedras de areia vermelha.

IMG_0287

Centro de Zululand

Cores vivas nas vestimentas das mulheres zulus, uma grande quantidade de artesanato, frutas e verduras no chão ou em banquinhas improvisadas e o fluxo intenso de bodes comendo couve no chão.

O passeio em Zululand continua, e as curiosidades também. Em Zululand, quanto mais vacas um homem possui melhor, pois com 11 vacas pode se comprar um casamento, sim, uma mulher vale 11 vacas.

IMG_9982

Os homens podem se casar várias vezes, mas para isto, é preciso ter pelo menos 11 vacas, além disso, cada esposa deve ter uma casa própria para morar com as crianças, isto mesmo, o homem tem o direito de morar sozinho.

IMG_0151

IMG_0142

Despedida de Zululand

Os dias com os povos zulus foram lindos, foi um imenso aprendizado com a vida simples deste povo. A minha caminhada continua, a próxima postagem será sobre o Safári! :o)

Anúncios

6 comentários

  1. Oi Cristiane! Muito legal esta sua viagem em Zululand! Tenho muita vontade de conhecer de perto uma tribo africana. As suas fotos e artigos me levou realmente nesta viagem! Parabéns!

  2. Que viagem bacana! Eu quero ir muito pra Africa do Sul! Seria legal vc postar sobre seu Safari! 😉 Seu blog esta show! 🙂

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s